Modificação de autódromo de alta especificação

A “montanha-russa nas dunas”: Circuit Park Zandvoort

Alguns projetos são tão especializados que dificilmente existem empresas de construção com experiência significativa para recorrer - outra razão pela qual é tão valioso ter um parceiro com conhecimento e experiência para levar as coisas adiante. A reabilitação e modificação do autódromo de Zandvoort foi um projeto assim.

Circuit Park Zandvoort
  • Inaugurado em: 7 de agosto de 1948
  • Circuito oficial da Fórmula 1: 1952 a 1985 e a partir de 2021
  • Comprimento do circuito: 4,259 km
  • Curvas: 15
Ver mais Mostrar menos
O WIRTGEN GROUP está envolvido desde o início

Como você obtém e processa misturas de especialistas prescritas para atender às regulamentações mais rigorosas da FIA, o órgão regulador mundial do esporte motorizado? Como você pavimenta curvas inclinadas com uma inclinação de até 32%? E como você satisfaz os requisitos que Filippo Piccoli, gerente técnico da experiente empresa de engenharia Studio Dromo, descreve como “a construção de pista de corrida mais extrema que já vi e na qual estive envolvido”?

Para obter respostas bem-sucedidas a essas perguntas, o gerente de construção Mark van Kessel da empreiteira Gebr. Van Kessel envolveu seu contato Roel Vissers da subsidiária do WIRTGEN GROUP na Holanda desde o início. Afinal, a construção e reabilitação de pistas de corrida são sempre um pouco especiais. Assim foi para os empreiteiros Gebr. Van Kessel B.V. e KWS Infra B.V., também, ambos parte da Royal VolkerWessels N.V.

Desempenho superior necessário para reabilitação e reconstrução parcial

O contrato consistia na reconstrução parcial da pista na área das duas curvas inclinadas e também na conclusão dos trabalhos de reabilitação e modernização associados. O objetivo era que as duas curvas inclinadas permitissem que os carros de corrida de alto desempenho atingissem velocidades mais altas nas curvas e, assim, retornassem à reta mais rapidamente. Essas modificações no layout da pista têm como objetivo incentivar as ultrapassagens e foram implementadas de acordo com os planos da renomada empresa italiana de engenharia de pistas de corrida Studio Dromo, cujos especialistas também acompanharam de perto o local de trabalho.

A pista de corrida mais famosa da Holanda sediou o Grande Prêmio de Fórmula 1 da Holanda um total de 30 vezes entre 1952 e 1985. Este evento esportivo premium está voltando agora para Zandvoort. A pista, localizada entre as dunas e o mar na costa do Mar do Norte, na província da Holanda do Norte, é apelidada de "montanha-russa nas dunas".

Ensaio para preparar a equipe de pavimentação

Rapidamente ficou claro durante as discussões iniciais sobre o projeto com especialistas do WIRTGEN GROUP que uma operação de pavimentação de teste deveria ser realizada para garantir que tudo corra bem na própria pista de corrida. Afinal, as duas curvas inclinadas com uma inclinação de até 32% são ainda mais íngremes do que as curvas das pistas ovais de alta velocidade nos Estados Unidos. Portanto, era importante para o sucesso que a equipe de pavimentação soubesse exatamente o que era importante durante o processo e quais configurações fazer no maquinário.

A compactação era tão exigente quanto a pavimentação. Ela foi completada por rolos HAMM das séries HW, HD, HD+ e HD+ CompactLine.

Duas novas curvas inclinadas
Tolerância de
± 2 mm
Inclinação máxima de
32%

Tolerância de apenas ± 2mm: as três máquinas SUPER 1900-3i também tinham de realizar trabalhos de precisão nas curvas inclinadas e foram equipadas com o sistema de sensores Big MultiPlex Ski da VÖGELE para este objetivo.

Vibroacabadoras de alto desempenho, operadores qualificados

Para o canteiro de obras em Zandvoort, três vibroacabadoras VÖGELE SUPER 1900-3i com Mesa Extensível AB 500 TV. Como normalmente é exigido em canteiros de obras em pista de corrida, a pavimentação teve que ser executada pelo método “quente no quente”.

André Felchner, chefe de tecnologias de aplicação da VÖGELE, acompanhou pessoalmente os preparativos e as operações de pavimentação asfáltica. “É precisamente para esse tipo de tarefa complexa que estamos aqui. Com uma pista de corrida tão extrema como esta, é claro, há muitos fatores a serem levados em consideração para garantir que a pavimentação e compactação asfáltica sejam bem-sucedidas”, diz Felchner. “O que torna tudo ainda melhor quando você conhece equipes de pavimentação competentes e motivadas como esta. Os caras logo perceberam o que era importante”.

“Estávamos perfeitamente cientes de que podíamos contar com a tecnologia VÖGELE, mas a pavimentação não teria sido possível sem os serviços de consultoria e suporte no local do WIRTGEN GROUP”.

Mark van Kessel, Gerente de Construção da Gebr. Van Kessel B.V. (à direita, com Roel Vissers e Ivo Lakerveld, ambos da WIRTGEN Holanda, e André Felchner, Chefe de Tecnologias de Aplicação da VÖGELE)

Assistência de Mesa que pode ser definida separadamente - um fator nesta história de sucesso

Apesar do perfil espetacular, a máquina VÖGELE precisou apenas de pequenas modificações para pavimentar as curvas inclinadas. “Para obter um resultado pré-compactado de alta qualidade nesta inclinação extrema, bastou produzir uma coroa ligeiramente negativa”, comentou André Felchner, da VÖGELE, demonstrando uma das vantagens da Mesa Extensível AB 500. Nesse processo, a opção Screed Assist (Assistência de Mesa), que pode ser ajustada separadamente de forma eletrônica, garantiu que houvesse pressão suficiente atuando na mistura na área superior externa da pavimentação. A Assistência de Mesa é uma das funções das vibroacabadoras SUPER que permite que um resultado de alta qualidade seja alcançado mesmo em situações de pavimentação complicadas.

Os pilotos saem da nova pista com um sorriso

O fato de todos os envolvidos no projeto terem ficado extremamente satisfeitos com o resultado do asfaltamento fez com que fosse um sucesso absoluto para toda a equipe da Royal VolkerWessels. Um elogio ainda maior foi o sorriso nos rostos dos pilotos que participaram da primeira corrida na pista modernizada de Zandvoort, apenas uma semana após a inspeção de aprovação. “Tudo funcionou exatamente como havíamos previsto em cooperação com nossos parceiros do WIRTGEN GROUP. Isso nos faz sentir como se pudéssemos contar com este tipo de apoio na próxima vez que realizarmos um projeto comparativamente difícil”, diz o gerente de construção Mark van Kessel.

SUPER 1900-3i

Vibroacabadoras de esteiras Highway Class

Largura básica 2,55 m
Largura de pavimentação, máx. 11 m
Taxa máxima de assentamento (até) 900 t/h
AB 500

Mesa extensível

Largura de pavimentação 2,55 m - 8,50 m
Largura básica 2,55 m
Sistemas de compactação TV, TP1, TP2, TP2 Plus
Saiba mais sobre as aplicações do WIRTGEN GROUP na reabilitação de estradas
Saiba mais