Reciclagem a frio: mais rápido, mais barato e sustentável com a Wirtgen

Reabilitação sustentável e ampliação em uma única passada com reciclagem a frio

Para os especialistas em reciclagem a frio da empresa dinamarquesa Arkil A/S, é trabalho cotidiano. Para os residentes, autoridades e engenheiros civis foi uma surpresa. Contudo, todos os envolvidos ficaram entusiasmados. O trem de reciclagem a frio do Wirtgen Production System com a W 380 CRi reabilitou e ampliou a Sinding Hedevej, nas proximidades de Silkeborg, em uma única passada. O projeto dificilmente poderia ter sido concluído mais rapidamente. Após apenas quatro dias, a Arkil A/S havia concluído a nova camada de base, já pronta para o tráfego.

Dinamarca – Silkeborg

Em comparação com a construção de asfalto convencional, a pista teria sido completamente removida em várias etapas e, depois, reconstruída do zero e ampliada. Com a reciclagem a frio in-place, tais etapas foram eliminadas. O material asfáltico existente foi reciclado em uma nova camada de base BSM com a adição de espuma de asfalto e cimento. A W 380 CRi fresou o material antigo da estrada em uma profundidade de 15 cm. Aproximadamente 300 toneladas de material por hora foram então entregues à vibroacabadora Vögele SUPER 2100-3i seguinte, que pavimentou o novo perfil da superfície da estrada em uma única passada de 5,5 m de profundidade e 12 cm de altura. O trem de reciclagem a frio percorreu os 3 km de extensão da Sinding Hedevej a 4 m/min. Atrás dos rolos compactadores Hamm, que fizeram a compactação final, o tráfego pôde até ser reaberto temporariamente para os residentes.

Tolles Produkt

O BSM tem sido experimentado e testado no mundo todo há décadas e se caracteriza pela flexibilidade e durabilidade. Uma espessura de 10 cm é o requisito mínimo para uma camada de base BSM sustentável. Aqui, com 12 cm, está tudo na zona verde.

Gerente de Obra da Arkil A/S

“Basicamente, todas as estradas são adequadas para projetos de reabilitação com reciclagem a frio. Nesse caso, é uma escolha particularmente boa porque nenhum material precisa ser transportado, e pudemos ampliar a estrada diretamente em uma única passada. Isso reduz muito a emissão do CO₂.”

Mikkel Caprani, Gerente de Obra da Arkil A/S

Mais barato – menos transporte – menos ligante

30% dos custos de uma reabilitação convencional foram economizados, segundo a Arkil. O município de Silkeborg ficou impressionado e já está planejando a próxima obra usando o processo de reciclagem a frio.

Economia de material através da reciclagem a frio

A maior parte dos custos foi economizada em materiais. No processo de reciclagem a frio, foi adicionado significativamente menos betume como ligante do que seria necessário em uma nova produção. A tecnologia de espuma de asfalto da Wirtgen tornou isso possível. O betume foi entregue quente e pulverizado automaticamente no local, ou seja, diretamente durante o processo de fresagem e mistura através da barra de pulverização Vario. Graças ao controle da máquina dependente do processo, a quantidade adicionada foi diretamente adaptada à velocidade de deslocamento e garantiu uma mistura homogênea, que foi transferida para a SUPER 2100-3i de forma direta.

Pavimentação mais fina da camada de revestimento

Mais uma vantagem: a camada de revestimento final pode ser pavimentada de forma mais fina do que o convencional. Nesse caso, foram usados 3 cm do material da camada de revestimento de alta qualidade em vez dos convencionais 4 a 5 cm. Isso também reduziu os custos de construção.

Redução dos custos de transporte

Outras economias resultaram da redução dos custos de transporte. Com uma área de reciclagem de mais de 12.000 m², havia quase 4.000 t de material que não precisou ser movimentado. Isso correspondeu a cerca de 200 viagens de caminhão economizadas apenas para o descarte de material – presumindo um carregamento de material de 20 t por caminhão.

Sustentabilidade:

redução significativa das emissões de CO₂ devido à economia de transporte.

A reciclagem a frio in-place se apresentou como um método de construção adequado para esse caso. A possibilidade de reutilizar 100% do material de construção existente no local foi decisiva para o sucesso sustentável da obra. Houve uma redução nas emissões de CO₂ principalmente por dois fatores: Por um lado, a eliminação de 400 viagens de caminhão calculadas para todo o transporte de ida e volta dos materiais. Por outro lado, a redução significativa de 3.800 t de asfalto quente novo, que teria que ser produzido para a camada de base.

De acordo com a Arkil, foram reduzidas até 70% das emissões de CO₂.

Situação vantajosa para o meio ambiente e para os cofres municipais

A tecnologia de reciclagem a frio com espuma de asfalto é uma situação verdadeiramente vantajosa para todas as partes envolvidas em qualquer projeto de reabilitação. Seja na reabilitação in-place, como mostrado aqui com uma recicladora a frio da Série CR, reciclagem FDR com uma recicladora sobre rodas da Série WR até abaixo da camada de base ou processamento descentralizado da nova mistura BSM em uma usina de mistura a frio KMA 240i, a tecnologia de espuma de asfalto sempre fornece material BSM durável para a construção de estradas mais sustentável. Qualquer que seja o processo de reciclagem a frio escolhido, podem ser feitas economias significativas de emissões de CO₂ e custos gerais de matéria-prima.

Em muitas partes do mundo, as vantagens da reciclagem a frio com espuma de asfalto já são convincentes, e o processo se tornou padrão na construção de estradas. Somente a situação inicial no próprio canteiro de obras define qual máquina deve ser usada para produzir e processar a mistura.

“Trabalhamos há muito tempo com as máquinas do Wirtgen Group. Elas são confiáveis, de fácil manutenção e oferecem desempenho total.”

Lars Kim Jørgensen, Gerente de Asfalto, Arkil A/S

Sequência operacional de reciclagem a frio in-place:

O trem de reciclagem a frio do Wirtgen Production System com a W 380 CRi reabilitou e ampliou a Sinding Hedevej, nas proximidades de Silkeborg na Dinamarca, em uma única passada.
1 m de largura pré-fresada
100% de reutilização
Streumaster SW 10 TA
O trem de reciclagem a frio do Wirtgen Production System com a W 380 CRi reabilitou e ampliou a Sinding Hedevej, nas proximidades de Silkeborg na Dinamarca, em uma única passada.
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
O trem de reciclagem a frio do Wirtgen Production System com a W 380 CRi reabilitou e ampliou a Sinding Hedevej, nas proximidades de Silkeborg na Dinamarca, em uma única passada.
Informações da obra
Máquinas
Wirtgen
Recicladora a frio W 380 CRi
Vögele
Vibroacabadora SUPER 2100-3i
Hamm
Compactação final DV+90i VV
Streumaster
Pulverização prévia de agregados SW 10 TA
Parâmetros da obra
Comprimento:
3000 m
Largura.
4,3 m
Ampliação:
de +1,2 m para 5,5 m
Duração da obra:
4 dias de reciclagem da camada de base
BSM
Parâmetro de reciclagem
Método de reciclagem:
Reciclagem a frio in-place
Ligantes:
Espuma
de asfalto
Agregados:
Cimento
Largura de pavimentação:
3,2 m com a W 380 CRi
Profundidade de reciclagem:
15 cm
Altura de pavimentação BSM:
12 cm
Produtividade:
300 t/h
Volume de reciclagem total:
1.800 m³
Transportes de caminhão economizados*:
aprox. 400
*em comparação com projetos de construção convencionais

Wirtgen Group Production System e Arkil A/S:

Uma boa equipe de serviço e qualidade